Shelby GT500






Ao lado do Modelo T, o Mustang é um dos modelos mais importantes da história da Ford. Desde seu lançamento, na década de 60, até os tempos atuais, o carro é sinônimo de esportividade nos quatro cantos do mundo.

Quem passar pelo estande da Ford no Salão do Automóvel terá a rara oportunidade de conhecer o Shelby GT500. O cupê preparado pela equipe de engenheiros e projetistas da Ford Special Vehicle Team (SVT), divisão de alto desempenho da marca, traduz o espírito esportivo prontamente associado quando se pensa em Mustang.

De cara, a vistosa entrada de ar no capô e a grade dianteira se destacam, criando um belo conjunto e agregando funcionalidade, já que as peças foram desenhadas visando a refrigeração do motor. As faixas verticais que percorrem toda a extensão do carro, outra característica dos Shelby, também marcam presença.

Na lateral, a identificação "GT500" e a tradicional serpente que identifica os projetos do lendário preparador Caroll Shelby indicam que o Mustang não está para brincadeira. As rodas de 19 polegadas construídas em alumínio forjado e os pneus esportivos da Goodyear atestam o temperamento "nervoso" do modelo.

Já a traseira é marcada por um sutil aerofólio e o logotipo "Shelby" posicionado acima das lanternas. A clássica tampa de combustível cromada dá o toque final, ostentando as credenciais de um nome com história entre seus entusiastas.

Por dentro, o Mustang possui revestimento em couro nos bancos, volante e laterais de porta, além de apliques de alumínio no painel de instrumentos. O console central conta com um sistema de áudio e navegação por GPS e os controles de ar-condicionado digital. A manopla de câmbio na cor branca, marca registrada dos Shelby, dá o toque de nostalgia ao interior.

Mas a cereja do bolo está debaixo do capô. O motor 5.4 V8 dotado de turbocompressor e intercooler gera 540 cv. Números de aceleração e velocidade final não foram divulgados. De acordo com a Ford, a evolução em relação à geração anterior do Shelby se deu graças ao conhecimento acumulado no desenvolvimento do Shelby GT500KR, exibido no Brasil na última edição do Salão do Automóvel.

A Ford também promoveu outras modificações na parte mecânica. Com as mudanças na quinta e sexta marchas, a montadora promete aceleração mais eficiente e maior economia de combustível. Os discos de embreagem agora possuem um diâmetro de 250 milímetros - ante 215 milímetros de seu antecessor - e são feitos de cobre e fibra de vidro.

Entre os itens de série, o Shelby GT500 conta com o AdvanceTrac, controle de estabilidade que oferece diversos ajustes, podendo ter uma configuração mais esportiva voltada para as pistas ou mesmo ser desativado. Neste caso, os sistemas de segurança - como os freios anti-travamento (ABS) - permanecem funcionando.
Ficha Técnica
Motor: 8 cilindros em V, 5409 cm3
Potência: 540 cv a 6200 rpm
Torque: 70,5 mkgf a 4500 rpm
Câmbio: manual de 6 marchas, tração traseira
Aceleração de 0 a 100 km/h: 4,7 seg.
Velocidade máxima:
Dimensões: comprimento 478 cm, entre-eixos 272 cm, altura 141 cm, largura 188 cm
Peso: 1783 kg








fonte: Quatro Rodas
fotos:  NetCarShow
Share on Google Plus

Sobre Erik Lara

Editor e fundador paulistano, tem 22 anos, estudante de marketing na Universidade Anhembi Morumbi em São Paulo. É apaixonado por carros esportivos e preparados desde os 6 anos de idade. Aos 17 anos resolveu criar o Age Of Sport Cars para ler, escrever e informar sobre aquilo que mais gosta.

0 comentários :

Postar um comentário