Brabus SL65 AMG Black Series Vanish













Rendimento extremo. Essa era a idéia da Brabus ao decidir criar um pacote para tunar a Mercedes SL65 AMG Black Series. Não havia como esperar pouco desempenho do resultado da preparação, uma vez que a plataforma original do esportivo já unia um par de turbos ao motor com 12 canecos em V, resultando em 670 cavalos de potência.

A preparação começou com uma “limpeza geral” no roadster, retirando todos os seus itens "desnecessários" e substituindo materiais pesados por componentes mais leves, feitos de fibra de carbono. O resultado final foi a diminuição dos 2.536 kg originais para 1.795 kg. Somente esta alteração foi responsável por diminuir a relação peso-potência do SL65 de 3,79 kg para 2,67 kg. Mas a Brabus almejava maior desempenho e seguiu para de baixo do capô desta “Meca”.

No sistema de propulsão, foram substituídos os coletores de escape e tubulação do escapamento por novos componentes de alta vazão, confeccionados de aço inoxidável. O par de turbinas originais foi substituído por outro maior (embora a Brabus não revele seu tamanho), a central de injeção e ignição eletrônica foram remapeadas e os intercoolers originais foram substituídos por 4 novos, mais eficientes. Mais alguns acertos foram realizados para fazer com que o rendimento do sistema saltasse para 800 cavalos, além de surpreendentes 144,8 kgfm de torque. A empresa não comentou, entretanto, se foram realizadas alterações para evitar com que o sistema de embreagem e câmbio fossem literalmente moídos com o novo desempenho. A relação peso-potência foi diminuída para 2,24 kg por cv.

De modo a manter o “foguete” sob controle com o novo desempenho, a Brabus inseriu um novo body kit com prioridades aerodinâmicas no esportivo, além de nova suspensão, pneus e freios, cujas medidas não foram reveladas. A aceleração aos 100 km/h caiu dos 3s8 para 3s3, os 200 km/h chegam em 9s8 e a velocidade máxima é superior a 330 km/h. Por medidas de segurança, no entanto, a Brabus informa que a velocidade máxima foi limitada em 320 km/h.

O interior do modelo, chamado Vanish, recebeu revestimento de couro e Alcântara e conta com tons preto e vermelho. Nenhuma informação foi revelada sobre o custo da preparação, que não deve ser nada barato.



Fonte: Maxi Tuning 
Share on Google Plus

Sobre Erik Lara

Editor e fundador paulistano, tem 22 anos, estudante de marketing na Universidade Anhembi Morumbi em São Paulo. É apaixonado por carros esportivos e preparados desde os 6 anos de idade. Aos 17 anos resolveu criar o Age Of Sport Cars para ler, escrever e informar sobre aquilo que mais gosta.

0 comentários :

Postar um comentário